Fundador do Curso de Direito da UCPel é homenageado em ato de denominação de praça

Alberto Rufino Rosa Rodrigues de Sousa, fundador do Curso de Direito da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), foi homenageado na tarde desta sexta-feira (01) pela grande contribuição que deu à comunidade acadêmica de Pelotas. O professor, falecido em maio de 2010, agora dá nome à praça localizada entre as ruas Marques de Marica, Tristão de Alencar e Barros Cassal, próximo ao Complexo Judiciário. Filho e esposa de Rufino acompanharam o ato de denominação, proposto pelo vereador Luiz Henrique Viana.Membros do Rotary Clube Pelotas Norte, do qual o homenageado fazia parte, foram autores da ideia, proposta ao vereador. A partir daí o parlamentar, que foi aluno de Rufino, começou a procurar um lugar que representasse à altura o nome do professor. “Gerações e gerações pelotenses foram beneficiadas por esse mestre que extrapolou os limites acadêmicos. Esta homenagem acaba homenageando também os alunos dele, a família e seus colegas”, declarou Viana.O professor da UCPel, Daniel Brod de Sousa, que é filho de Rufino, ficou sensibilizado com homenagem. “Nossa família só tem a agradecer. Meu pai realmente foi um grande homem, e este lugar tem um aspecto simbólico privilegiado”, disse. A coordenadora do curso de Direito da UCPel, Ana Cláudia Lucas, que foi aluna de Rufino na graduação, na especialização e no curso de mestrado, destacou que o homenageado era mais do que um docente importante. “Esta é mais uma oportunidade de lembrar a memória de Rufino. Ele transcendeu as barreiras de professor. Nos ensinou não só os fundamentos de Direito, era um grande homem”, afirmou.Autoridades pelotenses, especialmente da área jurídica, acompanharam a cerimônia. Estiveram presentes na homenagem o prefeito Eduardo Leite, os promotores Paulo Roberto Charqueiro e José Olavo Bueno dos Passos, o diretor do Fórum de Pelotas, juiz Marcelo Malizia Cabral, o vice-presidente da OAB Pelotas, Diogo Mascarenhas, os juízes do trabalho Luiz Carlos Gastal e Frederico Russomano, a defensora pública Patrícia Bacchieri Duarte Alcântara, o procurador-geral do Município, Fábio Silveira Machado, o professor de Direito da Universidade Federal de Pelotas, Pedro Moacyr Perez da Silveira, o diretor do Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais da UCPel, Rubens Bellora, e os rotarianos Pedro Regner, Gilberto Gastaud, Henrique Feijó e Marco Antônio da Luz.foto da notícia