OAB/RS e UCPel promovem palestra sobre Arbitragem

No dia 03 de outubro, às 18h, ocorrerá a palestra gratuita ‘Conflitos Empresariais – Soluções Eficientes: Arbitragem’, na sala 100K do Prédio Santa Margarida. Promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, subseção Pelotas (OAB/RS), em parceria com o curso de Direito da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), o evento tem como objetivo estimular o estudo da arbitragem e instigar o debate com a comunidade acadêmica.A maioria das demandas sobre problemas de conflitos que ocorrem no Brasil, quando não solucionados amigavelmente, acabam sendo resolvidos por meio do Poder Judiciário. Conforme explica a coordenadora do curso de Direito da UCPel, professora Ana Luiza Berg Barcellos, a opção por essa alternativa acaba por aumentar o prazo de resolução de um processo. “Devido a isso, os meios de resolução de conflitos alternativos ao Judiciário vêm ganhando destaque. Entre eles está a Arbitragem, resolução que pode evitar o constrangimento da exposição pública de conflitos envolvendo pessoas ou empresas, além de impedir possíveis danos de imagem e prejuízo”, explica. Serão palestrantes do evento o advogado, mestre em arbitragem comercial pela Universidade do Rio Grande do Sul (UFRGS) Lucas Gavronski, e o mestre em direito pela University of Clifornia – Berkeley (EUA) e pós-graduando em direito empresarial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Nikolai Sosa Rebelo. Ambos atuam na Comissão Especial de Arbitragem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).Para a coordenadora da graduação da Católica, o evento será uma oportunidade para acadêmicos e comunidade ouvirem profissionais com experiência no sistema de arbitragem e entenderem como a solução vem sendo concretizada na prática pelo meio empresarial. “O evento irá desmistificar alguns tópicos sobre a solução aplicada no sistema, visto que serão apresentadas por profissionais renomados na área”, conclui. A atividade será gratuita e aberta a interessados. Acadêmicos da UCPel deverão assinar ata de presença para o cumprimento de horas complementares.Redação: Alisson Lopes