Fundador do Curso de Direito da UCPel é homenageado em ato de denominação de praça


918  30 de junho de 2016

Alberto Rufino Rosa Rodrigues de Sousa, fundador do Curso de Direito da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), foi homenageado na tarde desta sexta-feira (01) pela grande contribuição que deu à comunidade acadêmica de Pelotas. O professor, falecido em maio de 2010, agora dá nome à praça localizada entre as ruas Marques de Marica, Tristão de Alencar e Barros Cassal, próximo ao Complexo Judiciário. Filho e esposa de Rufino acompanharam o ato de denominação, proposto pelo vereador Luiz Henrique Viana.Membros do Rotary Clube Pelotas Norte, do qual o homenageado fazia parte, foram autores da ideia, proposta ao vereador. A partir daí o parlamentar, que foi aluno de Rufino, começou a procurar um lugar que representasse à altura o nome do professor. “Gerações e gerações pelotenses foram beneficiadas por esse mestre que extrapolou os limites acadêmicos. Esta homenagem acaba homenageando também os alunos dele, a família e seus colegas”, declarou Viana.O professor da UCPel, Daniel Brod de Sousa, que é filho de Rufino, ficou sensibilizado com homenagem. “Nossa família só tem a agradecer. Meu pai realmente foi um grande homem, e este lugar tem um aspecto simbólico privilegiado”, disse. A coordenadora do curso de Direito da UCPel, Ana Cláudia Lucas, que foi aluna de Rufino na graduação, na especialização e no curso de mestrado, destacou que o homenageado era mais do que um docente importante. “Esta é mais uma oportunidade de lembrar a memória de Rufino. Ele transcendeu as barreiras de professor. Nos ensinou não só os fundamentos de Direito, era um grande homem”, afirmou.Autoridades pelotenses, especialmente da área jurídica, acompanharam a cerimônia. Estiveram presentes na homenagem o prefeito Eduardo Leite, os promotores Paulo Roberto Charqueiro e José Olavo Bueno dos Passos, o diretor do Fórum de Pelotas, juiz Marcelo Malizia Cabral, o vice-presidente da OAB Pelotas, Diogo Mascarenhas, os juízes do trabalho Luiz Carlos Gastal e Frederico Russomano, a defensora pública Patrícia Bacchieri Duarte Alcântara, o procurador-geral do Município, Fábio Silveira Machado, o professor de Direito da Universidade Federal de Pelotas, Pedro Moacyr Perez da Silveira, o diretor do Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais da UCPel, Rubens Bellora, e os rotarianos Pedro Regner, Gilberto Gastaud, Henrique Feijó e Marco Antônio da Luz.foto da notícia