pós-graduação

Aluno do 4° ano de Medicina da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Caetano Estivalet, aproveitou a suspensão das aulas devido ao estado de calamidade do Estado para dobrar roupas e realizar a triagem dos donativos recebidos na campanha UCPel Solidária. “Desde o início das chuvas que chegaram na nossa região, a universidade se mostrou tocada e, como sempre, tomou iniciativa. A gente está com muitos voluntários do nosso programa da UCPel Solidária, ajudando nos abrigos e com doações. Todos os meios possíveis para a gente tornar toda essa situação menos pior”, relata Estivalet. 

Para a coordenadora do curso de Direito da UCPel, Ana Cláudia Lucas, o contato direto com a Secretaria de Assistência Social é primordial para canalizar as doações aos abrigos mais necessitados. Alguns locais estão precisando de mais produtos de higiene, outros de gêneros alimentícios, de mais roupas de crianças e outros de cobertas. “Nossos alunos recebem, separam, e a partir daí, entramos em contato com a Secretaria de Assistência Social, que apresenta a necessidade”, comenta.

Ana Cláudia também ressalta a importância da UCPel prestar este apoio à comunidade. “É realmente uma ação muito bonita dos nossos alunos voluntários, que estão envolvidos neste momento, fazendo aquilo que vem sempre no nosso discurso, que é o fato de sermos uma universidade comunitária, na qual tem essa responsabilidade social de atender a comunidade e os nossos alunos de maneira muito empática, isso tem contribuído bastante”, diz.

“Estamos bem tratados, graças a Deus, eles estão sempre dispostos a ajudar. Muito bonito mesmo a mobilização, porque são todos voluntários. É muito bonito o que eles estão fazendo pela gente. Desde o atendimento, estão sempre preocupados se a gente tem algum problema de saúde, se a gente está precisando de alguma coisa. Eles estão de parabéns mesmo”, conta Selena da Silva, uma das vítimas da enchente em Pelotas. 

UCPel Solidária

Além das roupas, estão sendo arrecadados itens de primeira necessidade, como produtos de higiene pessoal, limpeza, roupas íntimas (novas), alimentos, água, cobertores e colchões. Os donativos serão encaminhados para as regiões afetadas. Qualquer pessoa pode doar.

As doações podem ser feitas no Campus I, com entrada pela rua Dom Pedro II e no Hospital Universitário São Francisco de Paula.

 

 

Redação: Pedro Vargas